Monte Roraima – Sumário dessa Grande Aventura

Bem, primeiramente, gostaria de recebê-los no nosso blog de braços abertos e, através dessas linhas, poder ajudá-los a tentar realizar algum sonho, seja ele de visitar algum lugar ou tentar angariar informações para realizá-lo num futuro próximo… neste primeiro post, darei apenas um pequeno resumo sobre informações gerais para a trilha ao topo do Monte Roraima, dicas que queria eu ter lido em algum lugar!

Quem Contratar?

Enquanto estava pesquisando sobre quem contratar, alguns nomes apareceram no google, alguns com boas revisões, outros com ruins. Alguns muito baratos, outros extremamente caros… bem, eu decidi ir pelo que foi mencionado mais vezes, Leopoldo Pillar. Ele foi super receptivo, sempre manteve contato e nos manteve informados de qualquer mudança. Como eu só contratei uma empresa e so fui uma vez, não posso recomendar outros. O nosso guia foi o Gerardo Gallegos, pessoa muito boa e um ótimo profissional. Se eu fosse novamente, não procuraria mais. O Gerardo será sempre o meu guia ao Monte!

 

 

Quanto pagar?

Outro assunto muito importante! No caminho de ida e volta ao Roraima, encontrei diversos grupos e, na cara dura, perguntei quanto tinham pago. Ouvi preços entre R$600 à R$3000 por pessoa. Tendo visto o cotidiano do pessoal e sabendo quanto um carregador recebe, um é exploração da mão-de-obra e o outro, alguém está ganhando MUITO dinheiro… e não são os guias nem os carregadores, que são contratados das comunidades indígenas locais.

Meus custos foram (trilha de 9 dias e 8 noites, Janeiro 2017):

  • Passagem aérea à partir de São Paulo: R$1200;
  • Contração de guia: R$1500;
  • Táxi aeroporto (BVA) até ponto de táxi para Pacaraima: R$40 (facada!!!);
  • Táxi Boa Vista-Pacaraima (fronteira BR/VZ): R$50 (as outras alternativas foram inviáveis);
  • Táxi Pacaraima-Santa Elena de Uairén: R$4.

Nota:

Ainda acho que os guias e os carregadores são muito mal remunerados, então recomendo contactar o guia diretamente. Peçam para contratar os carregadores chamados Cururú e Diogenes. Duas pessoas fantásticas!

 

 

O que levar?

Bem, confessarei… levei coisa demais! Mas consegui deixar metade em Santa Elena! Ainda bem, senão não conseguiria ter completado a trilha.

O Monte Roraima é um dos lugares mais úmidos da Terra. Pelo fato de estar bem próximo da linha do Equador, não faz muita diferença entre estações. Numa viagem ao Roraima, espere frio e umidade.

Coisas que são importantes e não podem faltar:

  • Mochila resistente com capa de chuva;
  • Sacos de lixo para colocar TUDO dentro, desde a sua carteira até roupa suja. Carregar mochila com roupa molhada pode até dobrar o peso da sua mochila;
  • Um canivete;
  • Roupa a prova d’água. Não que isso proteja caso chover muito, mas com certeza ajuda;
  • Se possível, leve um par de roupa a prova d’água na mochila;
  • Bota já bem laciada;
  • Um isolante término e saco de dormir;
  • Roupas térmicas, dois pares;
  • Camisetas de secagem rápida. Levei 5 camisetas de corridas que fiz, ocupam pouco espaço!
  • Meias, meias meias! Sempre tenha um par de meia seca;
  • Corda fina para fazer de varal. Acredite, vocês precisarão;
  • Remédios gerais (para dor, gripe, relaxante muscular), gaze, band-aid, mertiolate;
  • Garrafa de água;
  • Lenço umedecido
  • Comida pequena altamente doces para energia, tipo paçoquinha.

Dependendo do seu tamanho, tente deixar o peso da sua mochila em, no máximo, 20% do seu peso. As caminhas são bem longas e lembrem-se: Deixem as pernas carregarem o peso! Os ombros não aguentam carregar bagagem confortavelmente por muito tempo, mesmo que leves. Teste se a sua calça não incomoda quando apertar o cinturão da mochila, faça alguma caminhada com a mochila carregada, veja se a bota está confortável. Medidas que eu gostaria de ter feito. Meu pé machucou bastante, mas isso é assunto para depois!

Comentários Gerais

Do mesmo jeito que falo com os meus alunos que levo para acampar, o estado de mente é o mais importante para uma expedição bem sucedida. Para conseguir completar qualquer trilha, 80% é mental, 20% é físico. Vá fazer a trilha dizendo que será difícil, mas que você não desistirá!

Qualquer pergunta, é só deixar um comentário que responderei! Em breve, teremos mais informações dia-a-dia sobre a expedição! Aguardem! Follow us on Instagram at @mochilaoadois!

22 thoughts on “Monte Roraima – Sumário dessa Grande Aventura

  • March 25, 2017 at 10:21 am
    Permalink

    Dicas incríveis … as fotos ficaram fabulosas. Bom demais saber essas coisas antes da viagem. Parabéns pelo post arrasaram… sucesso!!!

    • March 29, 2017 at 12:38 am
      Permalink

      Em breve, teremos mais coisas! Esse foi apenas um overview!

  • March 26, 2017 at 11:29 am
    Permalink

    Dicas incríveis … as fotos ficaram fabulosas. Bom demais saber essas coisas antes da viagem. Parabéns pelo post arrasaram… sucesso!!!

    • March 29, 2017 at 12:41 am
      Permalink

      Esse foi um post apenas de dicas gerais, depois descreverei dia a dia como foi essa aventura! Valeu pelo comentario!

    • March 29, 2017 at 12:44 am
      Permalink

      Valeeeeuuuu!

  • March 27, 2017 at 1:27 am
    Permalink

    Amei as dicas e o post está super completo, com valores e indicações! As fotos ficaram incríveis, imagino que a viagem não tenha sido diferente!!!

    • March 29, 2017 at 12:45 am
      Permalink

      Tinham mais coisas que queria escrever, mas ficarao para os proximos posts, quando eu descrever a viagem, exatamente como ela foi!

  • March 27, 2017 at 9:33 am
    Permalink

    Olá Pessoal,
    Este lugar deve ser bem diferente não é!? Nunca pensei em conhecer mas depois deste post me interessei. Vou dar uma pesquisada.
    Abs

    • March 29, 2017 at 12:42 am
      Permalink

      Meu, esse lugar eh outro mundo! Eh impressionante a beleza e como tudo eh diferente la em cima! Eh tao grande que o clima la em cima muda! De uma ponta a outra, vc vai vendo a vegetacao mudando… eh muito legal!

  • March 28, 2017 at 2:21 am
    Permalink

    Ficou ótima a descrição da viagem! Não esperava menos!

    Parabéns!

    Que venham mais viagens e excelente semana recordações para você, meu amigo!

    Felicidades e sucesso!

    Montanha!

    • March 29, 2017 at 12:43 am
      Permalink

      Iury, meu caro amigo! Meu, queria mandar pra vcs mesmo! N achou q faltou nada n? Se tiver faltado alguma coisa, me avise que eu darei uma editada aqui!

      Felicidade e sucesso para nos todos, meu caro!

      Aquele abraco!!!

      Guanabana!

  • March 28, 2017 at 10:29 pm
    Permalink

    Uauu, quanta foto linda! Esse lugar tem cada paisagem de tirar o fôlego! Adorei todas as dicas, também tenho esse problema de levar além da conta, kkkk, bjos!

    • March 29, 2017 at 12:44 am
      Permalink

      Muitas ainda estao por vir! Ainda bem que levar alem da conta foi logo corrigido! Senao nao teria conseguido subir! hehehehe

  • March 29, 2017 at 6:32 pm
    Permalink

    Que demais!! Tenho muita vontade de fazer, durante a nossa viagem pela América do sul conheci algumas pessoas que fizeram e acharam incrível.

    Vocês fizeram a travessia em quantos dias? Realmente, para uma caminhada dessas o psicológico tem que está tinindo. Fizemos o circuito O em Torres del Paine, foi como matar um leão por dia, mas foi uma experiência indescritível.

    Beijos!!

  • March 29, 2017 at 6:52 pm
    Permalink

    Não sabia absolutamente nada sobre Roraima. Lugar lindíssimo como pode-se ver pelas fotos. As dicas que vocês dão são essenciais! Parabéns.

  • March 29, 2017 at 11:54 pm
    Permalink

    acompanhei sua viagem pelo instagran e já tinha achado linda! depois desse post gostei mais ainda. Mil beijos

  • March 30, 2017 at 12:57 am
    Permalink

    Perfeitas dicas, tudo bem detalhado para quem deseja se aventurar no Monte Roraima, suas dicas de que levar foram ótimas, muitos como eu não fazem ideia do que levar, parabéns

  • March 30, 2017 at 1:12 am
    Permalink

    Que sonho de destino. Para os apaixonados por trilhas e aventuras (como eu), este é um destino ideal. Mas confesso que fiquei assustada com os preços dos carregadores, achei um pouco caro.
    Beijos

  • March 30, 2017 at 1:29 am
    Permalink

    Que maravilha você nos dar a oportunidade de saber dessas dicas antes de uma trip pra lá!
    Vou deixar tudo anotado, amei as dicas!
    Sucesso no blog!

  • March 30, 2017 at 1:37 am
    Permalink

    Gente! o0 temos nossa própria table montain! Muito bom essa guia prático. Deu muita vontade de conhecer!

  • March 30, 2017 at 12:57 pm
    Permalink

    Nossa que visual fantástico!! Deve ser uma experiência incrível, não sou das mais aventureiras, mas fiquei com vontade de conhecer!! Ótimas dicas! Lembro dele de uma novela da Globo, hehehe!

Comments are closed.