Um passeio no Rio Negro com os botos cor de rosa

Em nossa viagem à Amazônia, um dos passeios mais incríveis que fizemos foi o de nadar com os botos cor de rosa. Era algo que eu já vinha sonhando desde que decidimos ir pra lá e sabia que o hotel de selva que ficaríamos – o Tariri Amazon Lodge – oferecia esse pacote, então assim que chegamos lá já reservamos para o dia seguinte.


É um passeio tranquilo que pode ser feito em meio período. Caso você esteja em Manaus, também é possível reservar o passeio com alguma agência de turismo e eles te levam de carro até o local para pegar o barco para o Rio Negro. Como já estávamos no Rio Negro, saímos logo após o café da manha de barco em direção ao lugar.
Os botos estão em toda parte nos rios amazonenses e esses lugares onde há os passeios, são casas flutuantes em alguns lugares do Rio Negro. Os botos não ficam presos (era uma das minhas preocupações porque não gosto de ver animais presos), eles estão soltos na natureza e os locais são permitidos a alimentar os animais com até 4kg de peixe por dia, 3x na semana. Portanto, os animais somente chegam perto porque sabem que tem comida, mas não são adestrados e nem nada. Pelo que conversei com o nosso guia, a fiscalização é bem forte por lá pois não querem que os botos percam o hábito da caça e por isso a quantidade de comida é restrita.


Justamente porque os animais ficam livres, não é garantia que veremos um boto. Tem dias que eles simplesmente não aparecem e tem dias que vários aparecem. No dia que fomos, havia somente 2 botos e quase nenhum turista, o que nos permitiu ficar um tempão na água com eles até acabar o peixe.

Eles são animais muito dóceis naturalmente. O nosso guia também comentou que por eles serem mamíferos assim como nós, eles nos enxergam como um igual a eles e por isso são tão dóceis com os humanos. Eles não nos deixam alimentá-los, pois eles podem errar e pegar seu dedo – os dentinhos são bem afiados rs… mas podemos fazer carinho na barriga e ficar olhando eles dentro da água.

 

Depois ainda ficamos um tempo nadando no próprio rio na companhia deles e foi uma delícia.

Para mim foi uma experiência incrível. Adoro ter contatos com animais quando eles estão vivendo em liberdade. Não gosto de ir em zoológicos ou aquários, já gostei muito, mas hoje não me faz bem ver os animais presos e sem poder viver seus hábitos naturais. Mas no caso dos botos, além de ver um animal tão puro e delicado tão de perto, também gostei de ajudar o trabalho de uma família ribeirinha. É muito diferente de dar dinheiro para um parque enorme ou um grande zoológico privado, mas nesse caso, os botos são o sustento de muitas famílias na Amazônia e vê-los trabalhando com tanto amor e carinho pelos botos foi algo que me encantou!

O valor do passeio foi de R$100,00 por pessoa (valores de julho/2017) mas achei que valeu cada centavo.

Super recomendamos o passeio e o Tariri Lodge que nos proporcionou essa incrível experiência.

Para saber mais sobre a nossa hospedagem nesse lindo Hotel de Selva cuidado por uma família muito amorosa, clique aqui!

14 thoughts on “Um passeio no Rio Negro com os botos cor de rosa

  • September 27, 2017 at 1:31 pm
    Permalink

    Lindas fotos! Fizemos esse mesmo passeio em Agosto-17, ficamos encantados! Também tínhamos a preocupação de os botos não estarem em cativeiros, foi um acalento comprovar que estavam realmente soltos.

    Reply
  • September 27, 2017 at 5:43 pm
    Permalink

    Adoro esse tipo de passeio, onde você pode nadar com animais que estão livres na natureza. Sem contar que ver o boto rosa de pertinho deve ser muito emocionante. Tenho muita vontade de visitar a região norte do Brasil. Espero que um dia eu possa realizar esse sonho. Dicas anotadas!

    Reply
  • September 27, 2017 at 6:07 pm
    Permalink

    Poder ver um animal tão característico da nossa fauna em seu habitat natural é um privilégio!! Muito maneiro esse passeio!

    Reply
  • September 27, 2017 at 7:26 pm
    Permalink

    Gente, tô apaixonada por esses bichinhos! Eles parecem estar sorrindo o tempo todo.

    Eu acho que morreria de medo de cair num rio como esse pela água ser escura, mas para chegar pertinho dos Botos vale muito a pena.

    Reply
  • September 28, 2017 at 1:20 pm
    Permalink

    Que legal! Quero muito conhecer, não vejo a hora de ir pra esses lados, conhecer essas fofuras cor-de-rosa e passar uma temporada com uma tribo =D

    Reply
  • September 29, 2017 at 1:34 am
    Permalink

    Só pela foto que está na abertura do post, já compraria o pacote para fazer o passeio! Deve ter sido incrível esse contato com os botos em seu habitat natural. É por experiências como essas que eu amo viajar. Parabéns pelo post.

    Reply
  • September 30, 2017 at 10:10 am
    Permalink

    Que incrível! Meu sonho de infância é conhecer um boto cor de rosa. Estou cada dia mais apaixonada pela Amazônia… pensando seriamente como um dos destinos pro próximo ano! Adorei as dicas! Bjs

    Reply
  • September 30, 2017 at 4:58 pm
    Permalink

    Experiência linda… Viajar para a região da Amazônia é surpreendente! Lugares lindos e pessoas receptivas. Tambem fiz esse passeio quando fui e achei demais, tenho mta vontade de repetir essa trip. Parabens pelo post. Abraços

    Reply
  • October 1, 2017 at 3:27 am
    Permalink

    Lindo!! Deve ser uma experiência incrível né?..eu iria ficar emocionada rs.. nunca vi um boto cor de rosa. Muito lindo esse serumaninho.. achei que valeu a pena cada centavo desse passeio e já quero fazer também, tá minha listinha. Adorei a dicas beijos

    Reply
  • October 1, 2017 at 3:46 pm
    Permalink

    Que super experiência heim… eu já conheci golfinhos e agora tenho que conhecer o nosso boto rosa que é único e lindo! Valeu a dica!

    Reply
  • October 1, 2017 at 11:33 pm
    Permalink

    A Amazônia é única. Boto rosa é patrimônio nosso. Mas acho que não encararia não, parabéns!!

    Reply
  • October 2, 2017 at 1:13 am
    Permalink

    Nossa, que passeio incrível! Ver um boto livre tão de perto deve ser incrível!!
    E pelo preço é nem acessível, amei a dica de passeio!

    Reply
  • October 2, 2017 at 2:02 am
    Permalink

    Sempre ouço falar do boto rosa, principalmente naquelas lendas urbanas das mulheres que engravidavam deles ao tomar banho de rio, HAHA! São super bonitinhos, faria esse passeio super!

    Valeu! Belo post!

    Reply
  • October 2, 2017 at 6:18 pm
    Permalink

    Querendo muito conhecer a Amazônia com meu filho, planejando para o próximo ano. Adorei o relato, deve ser mesmo uma experiência incrível estar com os botos, principalmente pois eles estão livres em seu habitat. 🙂

    Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *